Bairros de Itabira recebem obras de calçamento e recuperação

A Prefeitura de Itabira realizou atividades de urbanização em diversos bairros da cidade. As ações incluem calçamento de ruas nos bairros Barreiro, Gabiroba, Ribeira de Cima e Novo Amazonas e cumprem contratos que estavam paralisados desde o ano passado. O primeiro pacote de obras entregue à comunidade foi o calçamento das ruas Bonsucesso, Travessa Bonsucesso e Três (conhecida como José Peixoto Magalhães), no Barreiro. Além do calçamento, as ruas receberam meio-fio e drenagem urbana.

No bairro Gabiroba, a execução dos serviços de calçamento na rua DW78, também começou. A obra é uma demanda de décadas da comunidade e finalmente saiu do papel. O trecho é estratégico para a mobilidade dos moradores, uma vez que faz a ligação entre o alto Gabiroba e a parte baixa do bairro. Ainda na regiã, na rua DW-E, máquinas trabalham para retirar grande quantidade de entulho e praticamente construir uma nova via. A rua, que é bastante inclinada, tem passagem apenas para pedestres. Contudo, com as obras concluídas, motoristas também poderão passar pelo local.

Da mesma forma, recebem calçamento, meio-fio e drenagem urbana as ruas João Bernardino, no Ribeira de Cima, e Santa Catarina, no Novo Amazonas. No Distrito Industrial de Itabira também está em obras. Está sendo feita a revitalização da lagoa e criação de um espaço de convivência ao seu entorno. O processo de recuperação do espaço está avançado, com 50% concluído.  O investimento total da obra é de R$400.000. De acordo com o secretário municipal de Obras, José Maciel Duarte de Paiva a prioridade neste período inicial é finalizar os compromissos firmados anteriormente.

“Nós estamos em busca de recursos de financiamento que são de extrema importância para o município em função das necessidades mais prementes da infraestrutura. Nós temos um grande déficit na parte de drenagens, buracos nos pavimentos, instalação de rede elétrica, reforma de pontes e mata-burros na zona rural, entre outras obras”, enumera o secretário. Ainda segundo o secretário Maciel, foi necessário assumir os compromissos firmados nos anos anteriores, além das urbanizações nos bairros. Foram retomadas as obras complementares de interligação da nova adutora da Estação de Tratamento de Água (ETA) Gatos ao reservatório do Campestre, onde também foi concluída a manutenção de nove válvulas que apresentavam vazamentos.

Houve ainda a revitalização asfáltica na estrada de Ipoema, na MG-434 (Chapada) e no bairro Boa Esperança. Nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) Gabiroba e Boa Esperança, as obras estão bem adiantadas e prestes a serem entregues à comunidade. A secretaria tem em andamento mais de 20 obras de urbanização na cidade. Para agilizar os processos e criar prioridades na logística de execução das obras, a SMOTT desenvolveu parâmetros para categorizar a urgência das solicitações de obras na cidade, uma vez que a demanda é grande, em mês meses foram mais de 700 solicitações de intervenção, que vão desde quebra-molas, e tapa-buracos, entre outros.

“Se a solicitação for para um serviço urgente, nós atuamos imediatamente. Se não for, será programado para ser feito o mais rápido possível. É feito uma catalogação para organizar as demandas de acordo com os critérios. Colocamos no critério a importância da solicitação, com vários pesos para cada tipo. Por exemplo, qual a importância de uma rua em relação à outra, tem uma escola? Um PSF? Muitas casas? Assim, criamos uma lista de onde vamos intervir. Isso evita que arbitremos o que deve ser feito, trabalhamos de forma justa e com equidade para toda a população”, disse o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *