FSFX reconhece empenho de profissionais “linha de frente” na luta contra a covid-19

Hospital Municipal Carlos Chagas

O país vive o pior momento da pandemia, a maior crise sanitária dos últimos tempos. Profissionais ”linha de frente” estão exaustos, sem leitos hospitalares disponíveis, pessoas com quadro grave e falecendo, considerado um colapso interminável. Diante deste cenário, a Fundação São Francisco Xavier (FSFX) e a Usiminas iniciaram uma campanha de conscientização e reconhecimento para agradecimento aos colaboradores, e demais profissionais de saúde.

Hospital Márcio Cunha

“Não desistam! Isso vai passar”, essa campanha contemplou todas as unidades administradas pela Fundação São Francisco Xavier (FSFX): Hospital Márcio Cunha I e II, em Ipatinga; Hospital e Maternidade Vital Brazil, em Timóteo; Hospital Municipal Carlos Chagas, em Itabira; e o Hospital de Cubatão (SP). Além da campanha foram usados banners de agradecimento nas áreas externas das unidades.

A FSFX conta com mais de 6500 colaboradores, somando todas as unidades, disse o superintendente do Hospital Márcio Cunha Bruno Nunes Ribeiro. “Entramos nessa batalha achando que iria durar semanas, meses…. e já se passou mais de um ano. Para cumprir o nosso compromisso com a saúde, adequamos espaços, criamos leitos, contratamos profissionais, seguimos todos os protocolos de segurança,” destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *