HNSD: campanha de combate a pandemia

O Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) iniciou, nesta quarta-feira (24), uma campanha de conscientização e combate a pandemia em suas redes sociais. As peças cumprem o objetivo de chamar a atenção da população para o agravamento da pandemia da covid-19 que assola o país. Nesta quarta-feira (24), Itabira contabilizou 155 mortes, 83 delas de pacientes internados na ala para pessoas com coronavírus no HNSD.

Na unidade hospitalar ligada a Irmandade Nossa Senhora das Dores, assim como em outras instituições médicas e de promoção a saúde, a situação está crítica e, segundo provedor Vaquimar José Vaz é necessária a conscientização. “A campanha procura gerar um impacto nas pessoas, para que as regras de combate à doença sejam respeitadas,” disse o responsável pela gestão da unidade hospitalar referência regional.

Vaquimar José Vaz

A administração do hospital vem informando, ao longo das últimas semanas, que não há mais leitos disponíveis nas enfermarias e nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). No Pronto Atendimento, a média diária de atendimentos covid-19 praticamente quadruplicou, saltando de 34 em fevereiro para 134 em março.

Ainda de acordo com o HNSD, o Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI) também está saturado, sendo que são mais de 160 atendimentos por dia só de pacientes com coronavírus, um aumento de 220% em relação a fevereiro. Por conta disso, os atendimentos estão sendo realizados em cadeiras, sem leitos, inclusive para observação médica.

“Nossos mais de 1200 profissionais estão extenuados, trabalhando sem cessar e sem descanso. O número de contagio e de mortes está só aumentando. Decidimos usar as redes sociais para chamar ainda mais a atenção da população. O HNSD é regional e bem equipado, mas não estamos mais dando conta de tantas demandas”, destacou o provedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *