Itabira registra 143 mortes por complicações do coronavírus

Seis outras mortes ocorreram em Itabira, conforme Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), do dia 23 de março, somando as duas vítimas fatais, publicadas na segunda-feira (22) pelo Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD). Os óbitos por ocorrência do coronavírus chegaram a 143, além das quase 1500 pessoas sendo monitoradas em casa, pela SMS.

A 138ª morte foi de um homem com 71 anos; e a 139ª vítima, uma mulher de 53, ambos com comorbidades, e que faleceram em 22 de março, depois de três dias de internação no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC). O 140°óbito foi de um paciente de 78 anos, com duas ou mais doenças crônicas associadas, em tratamento desde seis de março, e no dia 22 evoluiu para óbito.

HMCC

A 141ª morte foi de uma mulher de 66, com comorbidades, internada no HMCC desde 17 de março, que veio a óbito em 23 de março. Sem duas ou mais doenças crônicas associadas, o 142°óbito. Um homem de 62 anos, na ala covid-19 do HNSD por 15 dias, que faleceu terça-feira (23). O 143° falecimento foi paciente com 57 anos, com comorbidades, também na ala covid-19 desta unidade hospitalar por seis dias, até essa terça-feira (23)

HNSD

As demais duas vítimas fatais, estavam na relação do HNSD, na véspera da publicação da SMS: duas idosas com doenças crônicas associadas, em atendimento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da unidade hospitalar. A de 89 anos, por 20 dias; e a de 81, por dez dias. O percentual de recuperados, depois de testados positivos para o coronavírus, está em 85%, com uma pequena alta de um ponto percentual, em relação a aferição mais recente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *