Itabira volta a onda verde, mas mantém rigidez para conter avanço da covid-19

Marco Antônio Lage

De acordo com o programa Minas Consciente, do Governo de Minas Gerais, a microrregião de Itabira volta para a onda verde a partir de sábado (27). A notícia, no entanto, é vista com preocupação pelo prefeito Marco Antônio Lage. Isso porque a consolidação ainda não leva em conta os números desta última semana, quando se observou uma alta nas taxas de internação e de infecção.

“Infelizmente, não estamos aliviados. Exaltar onda verde, agora, seria irresponsável. As nossas projeções internas mostram que podemos regredir a partir da próxima semana. Nosso índice de transmissão subiu muito, de 0,84 para 1,1 e em todo mês de fevereiro a cidade registra média de quase 50 novos casos confirmados por dia”, disse o prefeito.

Cidades da região estarão todas na onda verde nesse sábado (27)

Por causa desse cenário, Marco Antônio definiu que o município não terá um novo decreto para a onda verde, com medidas mais flexíveis. Continuará valendo o Decreto 301/2021, emitido em 29 de janeiro. “É um momento delicado e o colapso de sistemas de saúde em grandes municípios e capitais mostra exatamente o perigo dessa pandemia. Não queremos isso em Itabira,” determinou o gestor municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *