Coronavírus: Santa Maria perde 31 vacinas com inundação

A Prefeitura de Santa Maria de Itabira confirmou que 31 vacinas Coronavac foram perdidas por ocasião da enchente, que atingiu o posto de saúde central, onde os imunizantes estavam armazenas sob refrigeração. Além da água barrenta que invadiu a unidade clínica, a cidade ficou 10h horas sem o fornecimento de energia elétrica. A queda de encostas e árvores sobre a fiação condutora, causou a interrupção, segundo a Cemig (Companhia Energética do Estado de Minas Gerais).

As autoridades envolvidas na força tarefa de socorro aos atingidos pela inundação e soterramento, pedem que as pessoas não visitem a cidade, exceto para levar donativos, mas de forma organizada, e com veículos preparados, com tração 4×4, devido ao estado precário das vias públicas, tomadas pela lama. O posto central de ajuda humanitária está ocorrendo em Itabira, na sede do Corpo de Bombeiros, para separação e triagem, antes da operação de logística, dentro da necessidade das vítimas.

“A cidade de Santa Maria não está em condições de receber pessoas em busca de informações sobre qualidade de vida de amigos e familiares, o contato deve ser feito por telefone. As estradas precisam estar desobstruídas para acesso de equipe técnicas envolvidas no transporte de insumos. A situação ainda é caótica, mas está razoavelmente distribuída pelo município. O decreto de calamidade está sendo redigido, para reconhecimento no Estado e no Brasil,” explicou o chefe da Defesa Civil em Santa Maria, Eduardo Martins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *