Vinho chileno é o preferido dos mineiros

Em 2020, o vinho chileno foi o mais consumido pelos mineiros. O país está no topo da lista entre os que mais exportaram a bebida envasada para o estado de Minas Gerais, com 38,6%, o que corresponde a US$ 7,6 milhões. Depois do Chile, os países que mais exportaram foram Portugal (21,7%), Argentina (18,5%), França (7,6%), Itália (6,3%), Espanha (4,2%), Uruguai (2,7%) e África do Sul (0,2%). Os dados são do Comex Stat, responsável pelas estatísticas do comércio exterior do Brasil, ligado ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Em âmbito nacional, a exportação do vinho chileno envasado ao Brasil cresceu, no ano de 2020, 24% a mais em relação a 2019, atingindo, no total, US$ 184 milhões de dólares, de acordo com o ProChile Brasil. O montante das exportações de vinhos envasados chegou a US$ 1,5 bilhão, no ano passado, sendo o principal destino a China, com US$ 185 milhões (-26,7% comparado a 2019), seguido muito próximo do Brasil.

“Ficamos muito empolgados com o resultado das exportações do vinho chileno a Minas Gerais, pois o estado é considerado estratégico para os negócios do setor exportador do Chile”, diz María Julia Riquelme, diretora comercial do ProChile Brasil.  “Além de atender de perto o mercado local, também estamos mais próximos de outras regiões e estados que temos interesse em ampliar a participação da oferta exportadora do Chile, como Goiás, Distrito Federal e Espírito Santo”, explica Fernando Franco, representante Comercial do ProChile em Belo Horizonte (MG).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *