Com cinco mortes em cinco dias, Itabira chega a 62ª vítima do coronavírus

Foi publicado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itabira, na noite de sábado (6), o 62º óbito de paciente com coronavírus. A vítima é um homem de 72 anos, com comorbidades, internado no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), desde 28 de janeiro. Foi à quinta morte no prazo de dois de fevereiro ao dia seis. Em dois de fevereiro foram duas mulheres, de 86 e 89 anos; dois dias depois, um homem de 69, e uma paciente do sexo feminino, de 60; antecedendo o caso mais recente de óbito por complicações da doença, ocorrido dia seis.

A vacinação continua no ritmo programado. Vacinômetro publicado pela Prefeitura de Itabira, dia cinco de fevereiro, indica 1531 doses administradas a profissionais de saúde do HMCC, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) e Pronto Socorro Municipal de Itabira (PSMI). Foram ainda aplicadas 544 em profissionais da atenção primária, como os dos PSFs (Programas de Saúde da Família) e secundária, por exemplo, do CEAE (Centro Estadual de Atenção Especializada).

Até o dia 13 de fevereiro, Itabira se mantém na faixa amarela do programa Minas Consciente. O painel Cidades Saudáveis indica taxa de ocupação de 40% em leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva), e 30% nos clínicos. São 23 pacientes em enfermaria, 15 com a doença confirmada; e outros seis em UTIs, dois aguardando resultados confirmando a infecção pela covid-19. A projeção é de mais dez casos novos por dia, até dia 13 de fevereiro. A taxa de mortalidade na cidade está cinco pessoas para cada cem mil habitantes. O isolamento social continua 17 pontos percentuais abaixo do mínimo preconizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *