Itaurb: contrato com prestador que usa tração animal será extinto

Decreto que será revogado

A Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb) informou que o contrato com o carroceiro Geraldo Monteiro de Alvarenga, vigente desde 2007 para a coleta seletiva, será rescindido nos próximos dias. O autônomo atuou assim nas últimas gestões municipais. O contrato previa o equivalente a R$ 2.200 por mês, pelo serviço.

Os resíduos recicláveis eram recolhidos, nesta modalidade, apenas no bairro Pedreira, que conta com becos, vielas e locais restritos para caminhões e outros veículos. O diretor-presidente da Itaurb, Danilo Alvarenga Freitas, determinou o encerramento desta atividade, já que não se justifica a exploração animal.

Tração animal

O diretor-presidente se reuniu com Hudson Junio Diogo dos Santos, presidente da Associação Comunitária do bairro Pedreira, para garantir que a coleta seletiva não será comprometida, devido a essa rescisão contratual. Ambos planejaram ainda, novas diretrizes para os outros serviços de limpeza pública executados.

Danilo Freitas e Hudson Junio

Treinamento

Ocorreu neste sábado (30), na Central de Resíduos e Reciclagem (Triagem), os trabalhos de preparação para o retorno das atividades na próxima semana. O local, no bairro Bela Vista, foi readequado às normas de Segurança do Trabalho, bem como aos protocolos de prevenção ao coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *