Itabira contabiliza 10ª morte por coronavírus em 2021, a 56ª na pandemia

Em 2021 são dez mortes em Itabira causadas por complicações da covid-19. Dia dois de janeiro, foi divulgado o primeiro óbito do ano, ocorrido na véspera, um homem de 79 anos, sem comorbidades. No dia 30 de janeiro, os números da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmaram uma mulher de 77 anos, com duas ou mais doenças crônicas associadas, como a 56a vítima da pandemia. Ela faleceu dia 29, depois de três semanas em internação no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD).

Leitos Covid-19 do HNSD

Dados do Boletim Epidemiológico mais recente da SMS indicam 647 pessoas em monitoramento domiciliar, 53% com a doença confirmada. São 25 internações em leitos para a covid-19, 24% em UTI (Unidades de Terapia Intensiva). Dos 7502 casos confirmados, a recuperação atingiu 94%, a maior taxa no período pandêmico. A ocupação de leitos, até dia 30 de janeiro, estava em 29% nos clínicos (16 ocupações em 55 vagas), e 40% de UTI (10 pacientes em 25 leitos).

62% dos casos positivos são do sexo masculino

 

Há sete pessoas internadas nas unidades hospitalares da cidade, aguardando o resultado de exames moleculares, para confirmar ou descartar o contágio, cinco em enfermaria e dois pacientes em UTI. Itabira está na onda amarela do programa Minas Consciente, e permanecerá nessa faixa até dia seis de fevereiro, quando haverá outra atualização do Comitê Covid-19 do Estado. Chama a atenção que entre os moradores de Itabira com coronavírus, que 38% são do sexo feminino, sugerindo maior comprometimento das mulheres na execução de medidas preventivas. Clique aqui e baixe o decreto municipal de enfrentamento a pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *