Alunos abandonam a escola na pandemia, aponta pesquisa

As dificuldades impostas pela pandemia fizeram com que quatro milhões de estudantes brasileiros, com idades entre seis e 34 anos, abandonassem os estudos no ano passado. Com isso, a taxa de abandono escolar chegou a 8,4% em 2020, segundo pesquisa C6 Bank/Datafolha. Entre os que pararam de estudar no ano passado, 17,4% não têm intenção de voltar em 2021.

Essa é a primeira pesquisa a mostrar como a crise sanitária afetou os estudantes do país e a permanência deles nas escolas e universidades, uma vez que ainda não há dados oficiais disponíveis. O Brasil tem uma população de 90,1 milhões de habitantes com idade entre 6 e 34 anos, dos quais 53% estavam matriculados em escolas ou universidades no ano passado, de acordo com estimativa feita com base na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua de 2019.

Os dados foram coletados entre os dias 30 de novembro e nove de dezembro. O Datafolha realizou 1670 entrevistas, por telefone, com estudantes matriculados nas redes pública e privada ou com seus responsáveis. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e os resultados têm confiabilidade de 95%. Uma série de pesquisas sendo sido feitas para aferir os impactos da pandemia e os efeitos sobre diferentes grupos sociais e, agora, sobre a educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *