Santa Maria quer protagonismo na proposta de asfaltamento no Piçarrão

A estrada do Piçarrão, como é conhecida a rodovia LMG 790 é considerada uma importante via que se conecta à BR-381, e ao município de Nova Era. Na outra ponta, Santa Maria de Itabira tomou para a si a responsabilidade de ser protagonista na promoção de discussões com o Governo de Minas, para realizar o  asfaltamento do trecho de aproximadamente 35 quilômetros.

O ProAcesso e o Caminhos de Minas, programas de asfaltamento do Governo de Minas, não beneficiaram o trecho, que encurta distância em direção ao Vale do Aço. Moradores de cidades da região, como Santa Maria de Itabira, Passabém, e Ferros, além de outras do entorno, são obrigados a seguir até Itabira e depois João Monlevade ou Nova era, aumentando o deslocamento em 60 quilômetros.

Na avaliação do secretário de governo, Eduardo Martins, a outras vantagens. “Outra importante contribuição, caso a via venha ser asfaltada, será a distribuição do tráfego, atualmente intenso, de carretas e caminhões no sinuoso trecho da MGC-120 que liga Itabira a Nova Era, onde sempre acontecem acidentes, muitos deles com vítimas fatais, outros provocando interdição total da via por horas,” revelou.

O prefeito de Santa Maria de Itabira, Reinaldo das Dores Santos, será o anfitrião no encontro regional que vai reunir prefeitos, presidente de câmaras municipais, deputados, autoridades e empresários, em busca de um entendimento comum sobre a necessidade do asfaltamento da estrada do Piçarrão. O evento acontece no dia quatro de fevereiro, na Fundação Bretas, em Santa Maria, com as restrições sanitárias que o momento exige.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *