Depois de 11 dias, Itabira registra mais uma morte por coronavírus, a 50ª

Foi registrado pelas autoridades públicas de saúde de Itabira, nesse domingo (17) o 50°óbito por complicações causadas pelo coronavírus. Uma mulher, de 76 anos, com duas ou mais doenças crônicas associadas, internada no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) por 17 dias. O falecimento ocorreu na quinta-feira (14), mas a documentação comprobatória foi recebida dia 17 de janeiro, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Antes, a mais recente morte provocada pela doença, aconteceu dia seis de janeiro, ou seja, há 11 dias. O 49° óbito foi de uma vítima é do sexo feminino, de 87 anos, com comorbidades. A SMS divulgou que atualmente são 590 pessoas residentes em Itabira, com a doença. Delas, 520 estão em casa sendo monitoradas, e 20 hospitalizadas, 15 em leitos clínicos e cinco inspirando mais cuidados, ocupando Unidades de terapia Intensiva (UTIs).

Foram descartadas 22 mortes, após investigação em inquérito epidemiológico. Nove pessoas estão aguardando resultados de exames moleculares em leitos hospitalares, seis em enfermaria e três em UTIs. São 365 pessoas com sintomas suspeitos, em isolamento domiciliar. A ocupação nos leitos covid-19 está em 38% em leitos clínicos, e 36% em UTIs. A projeção do painel Cidades Saudáveis apontam o surgimento até dia 29 de janeiro de mais 568 positivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *