Produtores de queijos artesanais comemoram retomada do setor

Produtores de queijos artesanais da região do Serro tentam superar a queda das vendas e do faturamento provocados pela pandemia. Com o apoio do Sebrae Minas, 700 pequenos produtores do Queijo do Serro têm conseguido fôlego para continuar no mercado.

“No início foi desesperador. Reduzi a jornada de trabalho dos funcionários e passei a produzir menos. Depois de 60 dias, as coisas começaram a melhorar e as pessoas voltaram a ligar e a fazer seus pedidos pela internet. Consegui vender tudo o que havia fabricado até então”, conta o produtor rural, Lindomar Santana dos Santos, de 51 anos.

A aposta no marketing digital tem sido a grande aliada de Lindomar para aquecer as vendas on-line. “As orientações do Sebrae Minas e parceiros tem sido fundamental para nos nortear nesse universo digital. Apesar do aumento do custo das matérias-primas, não tenho o que reclamar das vendas, pois o consumo tem aumentado significativamente”, garante o produtor.

Atualmente, Lindomar conta com três colaboradores e, juntos, produzem cerca de 100 unidades por dia. A expectativa para o próximo ano é ampliar o negócio. “O consumidor já aprovou nosso produto. Esperamos que a situação melhore ainda mais, sobretudo no que diz respeito ao queijo maturado, que responde a 15% da nossa produção atual”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *