Dia do Conselho das Pessoas com Deficiência é comemorado na Câmara

Na reunião da Câmara de Itabira, de quarta-feira (9), a tribuna da Casa Legislativa foi usada pelo Presidente Conselho Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência de Itabira (CMDPDI), Edmar Henrique Soares e o vice-presidente, Gil César Coutinho Silva. Eles destacaram as atividades do colegiado que completou 15 anos de atuação.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com dados do censo de 2019, há na cidade: 8166 pessoas que se declararam deficiente físico, auditivo, visual ou intelectual. Destes 4323 com cegueira parcial ou total, que não contam com semáforo de sinal sonoro, dificultando a acessibilidade desse público.

Edmar Henrique Soares

No dia dois de dezembro o CMDPDI completou mais um ano de serviços, data comemorada pelos membros do colegiado. “Quero lembrar que no dia três de dezembro comemoramos também o Dia Internacional do Direito das Pessoas com Deficiência. Data usada para quem busca conscientizar a sociedade sobre a importância de inserir as pessoas com deficiência em diferentes aspectos, na vida social, na política, na economia e na cultura”, disse Edmar Soares.

Gil César Coutinho Silva

Projetos analisados

Em primeira discussão e votação na reunião ordinária, foi retirado para vista a pedido de Weverton Leandro Santos Andrade “Vetão” (PSB), a proposta do Prefeito Municipal, Ronaldo Magalhães, revogando a lei de 2016, que denominava “Vó Nita” o restaurante popular, que não chegou a ser inaugurado.

Foi aprovado por unanimidade dos votos o projeto de resolução que transfere a sede da Câmara Municipal de Itabira, em sessão solene, dia primeiro de janeiro de 2021, 19h, para o teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), com maior espaço físico para o evento, considerando as restrições sanitárias do coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *