Micro e pequenas empresas mineiras bate recorde de empregos

O saldo de empregos nas micro e pequenas empresas (MPE) mineiras em outubro foi o melhor já registrado para o mês nos últimos 10 anos. É o que mostra o levantamento realizado pelo Sebrae Minas com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. As MPE criaram 30.534 vagas formais em outubro, o equivalente a 72,5% do total de novos postos de trabalho gerados no Estado.

Este saldo é quase 270% maior do que o registrado em outubro do ano passado e 33% superior a setembro deste ano. No acumulado de 2020 (janeiro a outubro), o segmento tem um saldo positivo de 3.382 vagas, ou seja, 63% do saldo total de empregos gerados em Minas Gerais no período. “Isso significa que todas as vagas perdidas no ano devido à crise gerada pela pandemia do coronavírus já foram recuperadas”, comemora Afonso Maria Rocha, superintendente do Sebrae Minas.

O setor de Serviços foi responsável pelo maior saldo de empregos nas MPE mineiras em outubro (10.194), seguido pelo Comércio (8.911) e pela Indústria (7.680). Todas as regiões do estado tiveram resultado positivo naquele mês, com destaque para a Centro (11.934). Belo Horizonte liderou a geração de trabalho no mês (6.246) e o pior saldo foi registrado em São Gotardo (-135).

A recuperação das MPE vem sendo observada desde junho, quando o segmento conseguiu retomar o saldo positivo de empregos depois da forte queda registrada entre março e abril. “Os pequenos negócios foram os que mais sentiram os impactos econômicos da pandemia, mas também os que saíram na frente na retomada”, comentou o superintendente do Sebrae Minas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *