Aulas online impactam desenvolvimento de crianças e adolescentes

Evelyn Stam

A pandemia proporcionou grande impacto na área da educação. Foi necessário recorrer à tecnologia para dar continuidade ao ensino. O fato é que o ensino online trouxe uma revolução no hábito de ensinar crianças e adolescentes, reforça terapeuta familiar.

Além do isolamento social e do distanciamento físico, a pandemia do coronavírus trouxe profundas transformações para a rotina de crianças e adolescentes. Como toda a família foi impactada de uma forma diferente com a pandemia e com as aulas online, mas de maneira geral alguns sentimentos comuns tomaram conta das crianças e adolescentes, reforça a terapeuta familiar Evelyn Stam.

“Em alguns deles foram observados sintomas depressivos, transtornos de ansiedade, fobias. Também eles passaram a ter distúrbios do sono, problemas alimentares e outros grupos de criança podem piorar quadros de irritabilidade, de agressividade, dificuldade de lidar com regras”, detalha.

Evelyn acredita que outras crianças foram favorecidas pelo isolamento social. “Porque os pais ficaram em casa, estiveram mais presentes, a família ficou mais em contato um com o outro dentre seus integrantes, o que foi muito positivo”, acrescenta.

Para manter a saúde mental da criança, a especialista ressalta que se é uma criança que não tem nenhum problema de saúde mental. “Deve-se apenas manter o ritmo da casa, tranquilizar a criança, mostrar que essa pandemia é uma coisa temporária e que o adulto está ali e a criança não vai ficar sozinha,” finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *