Acordo judicial entre Valia e União deve elevar superávit em 2023

A Valia e demais fundos de pensão associados, foram alvo ação judicial questionando o cálculo de correção monetária, no período de 1990 a 1991, aplicada sobre as Obrigações do Fundo Nacional de Desenvolvimento (OFNDs), títulos adquiridos, compulsoriamente, pelas Entidades Fechadas de Previdência Complementar. Foi homologado um acordo entre a União, os planos de pensão e a Valia irá receber um valor de R$ 173 milhões.

André Viana

Esse valor já pôde ser contabilizado no segundo trimestre deste ano e irá integralmente para um eventual superávit em 2022, com pagamento em 2023. Essa correção nos dividendos do fundo de pensão não será apenas para o próximo ano. Segundo o Sindicato Metabase, as instituições em parceria garantem o pagamento de mais três abonos ainda este ano, para assistidos pelo plano Benefício Definido (BD).

“Esta notícia somada ao trabalho de readequação da reserva de 60 para 48 meses, no plano BD, realizado pelo Metabase e Aposvale, e com uma rentabilidade positiva do ano de 2022, aumenta as chances de termos um superávit de boa proporção em 2023. É importante continuar trabalhando e analisar o segundo semestre deste ano para que estas projeções se confirmem. Estamos na luta pela dignidade dos nossos aposentados e pensionistas. Não vamos parar. Seriedade, atitude e trabalho em alto nível é assim que trabalhamos,” disse André Viana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *