Conselho Tutelar alerta: maior parte de abusos contra jovens ocorre na família

Dia 18 de Maio – Data Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes ”esquecer é permitir, lembrar é combater”. O Conselho Tutelar de Itabira é linha de frente no atendimento em casos de violência, e tem registrado novas denúncias mesmo em meio à pandemia, e as regras de distanciamento social. Sem aulas presenciais, a transgressões se tornaram ainda mais latentes, porque são nas instituições de ensino que mudanças de comportamento das vítimas são notadas.

Segundo as conselheiras, a maior parte dos abusos ocorre no seio familiar, ou de pessoas próximas. “Infelizmente a exploração e o abuso é uma realidade em Itabira, denuncias chegam semanalmente ao Conselho Tutelar. A falta de atividades escolares dificultou um pouco, porque os professores sempre estão atentos aos sinais e comportamentos”, disse a membro do Conselho Tutelar, Mayra Portinho. O Maio Laranja é o período do ano direcionado para combater e prevenir abusos.

“Quando a pessoa suspeita do abuso, deve informar pelo disque 100 ou direto no Conselho Tutelar pelo telefone. É importante a comunidade saber da importância dessa denúncia, porque é através dela que conseguimos fazer nosso efetivo trabalho. Pode-se ficar tranquilo, nós do Conselho Tutelar e no Disque 100 preservamos o sigilo,” revelou Gabriela Fideles, conselheira tutelar. Toda a sociedade é co-responsável em preservar a integridade física e moral dos jovens, cabendo denúncias sempre que necessário.

“Essa data é apenas um dia para realizar a conscientização, mas precisamos estar atentos por todo o ano. Esta é uma causa muito importante e muitas das vezes pela falta de denúncias, as vítimas ficam muito tempo em situação de violação de direitos. Só vamos conseguir atuar com as denúncias,” destacou Maria Alice Costa, presidente do Conselho Tutelar de Itabira. Os telefones para denúncias: (31) 3839-2211 em horário comercial, ou aos finais de semana e feriados, através da equipe de plantão: (31) 99802-7371.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *