Vereadores apresentam demandas da pandemia à Secretaria Municipal de Saúde

A pandemia passa por um momento de significativo aumento no número de casos, internações e mortes. De acordo com boletim epidemiológico do município, divulgado na noite de quarta-feira (23), a situação é grave. A taxa de ocupação dos leitos Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e da enfermaria a covid-19 permanece em 100%. Mais de 12 mil itabiranos já foram contaminados pelo coronavírus.

A Câmara de Itabira está atenta e a pauta de enfrentamento da pandemia mobiliza todos os vereadores. Carlos Henrique Silva “Carlinhos Sacolão” (PSDB) é autor do projeto de lei que obriga o município de Itabira a tornar públicas as informações dos moradores vacinados contra a Covid-19. A proposta foi analisada nesta quinta-feira (25) pelas comissões permanentes da Câmara e será votada na próxima semana.

Carlinhos Sacolão

O mesmo pedido também foi endossado pelo presidente do Legislativo, Weverton Leandro Santos Andrade “Vetão” (PSB). Em ofício encaminhado à Secretaria Municipal de Saúde, o vereador questiona ainda o recebimento e a aplicação de recursos oriundos das três esferas de governo, e os gastos a partir dessas verbas públicas desde o início da pandemia na cidade.

Weverton “Vetão”

O vereador Reinaldo Lacerda de Soares (PSDB) solicita abono salarial para profissionais de saúde do município, que atuam na linha de frente do combate à pandemia. Ele fez uso da tribuna na reunião ordinária realizada terça-feira (22) e defendeu a proposta. Trata-se de um reconhecimento aos profissionais que estão se arriscando para proteger a vida dos cidadãos itabirano”, ponderou.

Reinaldo Lacerda

A vereadora Rosilene Félix Guimarães (MDB) solicitou um estudo e discussão para verificar a viabilidade de “tratamento precoce” na rede pública. Além disso, solicitou saber qual a contribuição da Vale no enfrentamento da pandemia em Itabira. “A empresa está em pleno funcionamento e trás trabalhadores de fora para atuar em Itabira. O que torna-se uma porta aberta para a contaminação”, frisou.

Rosilene Félix

Sebastião Ferreira Leite “Tãozinho” (Patriota) reivindicou a implantação de um hospital de campanha, sugerindo a instalação da estrutura no Ginásio Poliesportivo Maestro Silvério Faustino, no Centro. O governo municipal, no entanto, já estuda montar um hospital de retaguarda em parceria com São Gonçalo do Rio Abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *