Santa Maria tem segunda morte confirmada. São quatro desaparecidos

Esta na unidade de Itabira do Instituto Médico Legal (IML) aguardando necropsia de médico legista, dois corpos retirados dos escombros de casas em Santa Maria de Itabira. Encostas cederam com a terra encharcada e atingiram as moradias. O primeiro óbito, de um funcionário público municipal foi ainda durante a madrugada, morador da zona rural. No transcorrer da manhã, a segunda vítima fatal foi removida pelas autoridades, e encaminhada pela Polícia Civil ao IML. A vítima era morador da região urbana.

Quatro desaparecidos, um pai e duas filhas, e um vizinho, estão sendo procurados pelas forças de segurança. Três agentes lotados na capital foram de aeronave da Coordenação Aerotática (CAT), para Santa Maria. Um policial de Itabira se juntou ao time, quando a aeronave taxiou na cidade vizinha. O temporal atingiu a cidade durante a madrugada de domingo (21), provocando inúmeros deslizamentos, e alagamentos, principalmente na região ribeirinha, afetada pela cheia das águas do rio Tanque.

Duas gestantes, uma por aeronave, e uma por via terrestre, foram transferidas para o Pronto Socorro de Itabira. Uma vítima com membro amputado, outro com fratura no pescoço, um terceiro com lesão na perna, e a quarta pessoa com fratura na região pélvica, foram hospitalizados. Os peritos criminais, incluindo um especialista em engenharia, iniciaram as diligências para apurar causas e consequências dos deslizamentos de terra. No meio da tarde o governador Romeu Zema, chegou a Santa Maria de Itabira.

Uma médica-legista da Policia Civil, também assessora estratégica da chefia na Secretária de Estado de Segurança Pública, auxilia nos trabalhos de integração das Forças de Segurança. Até o momento, foram duas vítimas fatais confirmadas. Membros da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG) estão mobilizados. Os deputados, o itabirano Bernardo Mucida, e o monlevadense Tito Torres, estiveram durante todo o dia, acompanhando o atendimento aos atingidos no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *