Coronavírus: duas pessoas falecem, a primeira vítima jovem sem comorbidades

Depois de sete dias sem mortes em decorrência a complicações provocadas pelo coronavírus em Itabira, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou na noite desta quarta-feira (17), mais dois falecimentos atribuídos a complicações provocadas pela covid-19. A 65° morte foi de uma mulher idosa (84 anos), com comorbidades, internada no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) desde o dia 12, óbito ocorrido depois de cinco dias de internação em leito UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O 66° óbito foi do sexo masculino, considerado jovem, 38 anos, sem comorbidades, internado no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) desde o dia 13, óbito ocorrido três dias depois. O caso foi o 44º óbito nessa unidade hospitalar. Foi o primeiro caso de paciente sem doenças crônicas associadas e considerado jovem (abaixo de 39 anos), com sintomas graves que evoluíram para o falecimento. Também no HNSD faleceu um morador de Santa Maria de Itabira, uma mulher, hospitalizada desde 26 de janeiro.

Em andamento a imunização gradual

A recuperação em Itabira continua considerável: quase 95%. Em monitoramento domiciliar de equipes da SMS são 596, 58% com a enfermidade confirmada através de exames moleculares. Há 33 internações, 28 em enfermaria, 11 com convid-19 e os demais aguardando diagnóstico (RT-PCR positivo), e cinco em UTI, três com coronavírus. No relatório diário, há ainda duas pessoas que tem domicílio em Itabira, internadas em unidades hospitalares de outras cidades. A taxa de letalidade do vírus na cidade está em 0,79%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *