Anúncio da vacina pode ser alternativa para pais com filhos em casa

Desde o início da pandemia, milhares de trabalhadores tiveram que trocar o local de trabalho e passar a trabalhar de casa, a fim de diminuir o contágio da doença. Entre aqueles que entraram para o grupo do home-office, um dos que mais provavelmente sentiu os impactos dessa nova forma de trabalho foram os pai com filhos pequenos em casa. Isso porque as crianças em idade escolar necessitam de muita atenção e, principalmente, supervisão.

Com as aulas em regime remoto, as mães precisam acompanhar os filhos durante esses momentos, ou pelo menos certificar de perto que a criança está cumprindo com a sua obrigação. Além disso, precisam parar várias vezes para garantir a alimentação, a higiene, o cuidado dentro de casa, visto que o nível de estresse desses pequenos subiu nesses tempos de isolamento, o que em certos casos levam algumas crianças a deixarem a casa.

A maioria das mães está quase em seu limite. “Sabemos que não será imediatamente, porque os grupos prioritários recebem antes a vacinação. Mas essa notícia foi ótima, porque isso mostra que, em breve, as coisas podem voltar ao normal, sobretudo dentro de nossas casas. A escola faz muita falta para essas crianças, e o seu retorno é muito importante. As aulas presenciais devem e precisam voltar”, afirma Márcia Machado, empresária e mãe de dois filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *