PM recolhe arma em operação de prevenção a ataques em caixas bancários

Uma arma de fogo de grosso calibre foi tirada de circulação, e o suspeito que a portava preso em flagrante por patrulheiros da Polícia Militar Rodoviária, segundo pelotão, instalado em Itabira. O foco da operação policial deflagrada em todo o Estado foi prevenir ataques com detonação de terminais bancários de autoatendimento. O trabalho começou às 16h e terminou 5h em dois dias: 11 e 12 de dezembro, simultaneamente em São Gonçalo do Rio Abaixo, Barão de Cocais, e Bom Jesus do Amparo.

“Essa operação de prevenção à explosão de caixas eletrônicos iniciou ano passado, elaborada pelas unidades de área e a Polícia Militar Rodoviária, com a 17ª Companhia Independente de João Monlevade e o 26º Batalhão de Itabira. Parte da operação no perímetro urbano e outra nas rodovias de forma aleatória. Estipulamos período que poderia correr atuação de gangues focadas nas instituições financeiras”, disse o tenente Welligton Caldeira, comandante da fração da Polícia Rodoviária.

O balanço da operação: recolhimento de uma pistola taurus calibre 380, semiautomática, carregada com nove munições intactas, e um carregador com capacidade para mais 15 tiros. No serviço ainda foram fiscalizados 120 veículos, no total de 130 pessoas abordagens, lavrados 13 autos de infração, e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por consumo de drogas (maconha). Quatro condutores inabilitados também foram identificados e autuados. Os dados foram recebidos através do Disque Denúncia Unificado (DDU) 181.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *