Funcionários de empreiteiras são acusados de desvio de materiais

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia Regional de Itabira, deflagrou terça-feira (12), operação policial nas cidades de Santa Bárbara, Barão de Cocais e Pará de Minas, com o objetivo de cumprir 20 mandados de busca e apreensão expedidos judicialmente.

As medidas solicitadas no corpo de Inquérito Policial instaurado para apurar desvios de materiais, que tem como a vítima a empresa AngloGold Ashanti, e fraudes em contratações de empresas terceirizadas. Os investigados são funcionários da mineradora e empresários. Apurou-se que, ao longo dos últimos meses, alguns materiais da empresa foram subtraídos e desviados.

Investiga-se também a hipótese de direcionamento de contratações de empresas terceirizadas. Durante a operação, foram apreendidos computadores, telefones celulares, munições e armas de fogo. Um autor de 32 anos de idade foi preso em flagrante delito na cidade de Barão de Cocais pela posse irregular de armas de fogo e conduzido à Delegacia de Polícia.

Participaram da operação 40 Policiais Civis lotados nas Delegacias Regionais de Itabira, Ipatinga e Pará de Minas. Análises técnicas nos aparelhos apreendidos e oitivas de envolvidos e testemunhas serão realizadas nas próximas semanas visando à conclusão das investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *