Taxa de isolamento em Itabira está melhor que o mínimo recomendado

O site FarolCovid aferiu a taxa de isolamento domiciliar em Itabira, e até quatro de novembro, estava em 33%, 17 pontos percentuais abaixo do mínimo recomendado, 50%. A medicação aponta que uma a cada três pessoas estão quebrando uma das principais recomendações para frear a pandemia, manter-se com o menor contato possível com a sociedade. Os indicadores do FarolCovid não foram explicados. Itabira continua na onda verde de transmissão da doença, com 2905 recuperados, de 3112 confirmados com o coronavírus.

No Boletim Covid 19 de Monitoramento Semanal, publicado pela Prefeitura de Itabira, dia cinco de novembro, revela nove internações pela doença, 21 mortes e 178 em monitoramento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A taxa de ocupação nos dois hospitais, Municipal Carlos Chagas e Nossa Senhora das Dores, está em 13% nos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), e 13% nas enfermarias. São 29 leitos de UTI, com quatro pessoas internadas, e 37 unidades de enfermaria, com cinco pacientes acompanhados.

Entre as vítimas fatais da covid-19, 11 mulheres, 10 homens, todos com comorbidades, que é a associação de enfermidades crônicas. A taxa de retransmissão a doença estacionou em 1,02% considerado risco moderado. Os bairros mais atingidos são: Gabiroba (278), Praia (175), Pedreira (132), Santa Ruth (108), Major Lage de Baixo (107), São Pedro (100), Centro (99), Amazonas (97), Água Fresca (96), Eldorado (95), Bela Vista (90), e Machado (80). O índice de recuperação de pessoas que contraíram a enfermidade se mantém em 93%.

Clique aqui e baixe o Boletim Semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *