Mãe e filha morrem por complicações da covid-19 e são sepultadas em Itabira

Nádia Augusta Rosa (mãe) e Jahyne Lanne Rosa (filha)

A família Rosa está em luto. Em menos de dez dias as itabiranas: Nádia Augusta Rosa, de 53 anos, e Jahyne Lanne Rosa Mendes, de 27, faleceram em função do coronavírus. Nádia Augusta foi internada no dia três de março no Hospital Regional de Betim, e veio a óbito no dia 16.

Cemitério da Paz em Itabira

No dia em que Nádia faleceu, sua única filha foi internada no mesmo hospital. Dias depois, ela também não resistiu e faleceu no dia 25 de março. Internada, Jahyne não soube da morte da mãe. Elas são naturais de Itabira e atualmente moravam Betim. Nádia Augusta foi sepultada no dia 16 de março, o corpo da filha, dez dias depois.

Os sepultamentos foram realizados no Cemitério da Paz e Itabira, e transmitidos por videochamada, devido ao regulamento para enterros. “Muito triste para nossa família este momento. Acompanhamos dois enterros pelo celular. Não desejo isso para ninguém”, afirmou Hellen Fonseca, parente das vítimas. Ouça Grace Fonseca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *