GRS Itabira publica nota sobre transferência de pacientes para Itabira

A Assessoria de Imprensa da Gerência Regional de Saúde (GRS) unidade Itabira, publicou em três de março, nota esclarecendo possíveis transferências de pessoas para internação em leitos covid-19 de outras regiões do Estado. Recentemente o Governo de Minas, consultou sobre a possibilidade de Itabira receber pacientes de Uberlândia, o que não chegou a ocorrer. “Uma das prerrogativas do Sistema Único de Saúde (SUS) é de que todo cidadão tem direito à saúde, portanto, enquanto houver espaço, ninguém ficará sem assistência. Esta prerrogativa é defendida pelo secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral,” diz o informe.

Desde o começo da pandemia, o Governo de Minas, em conjunto com os municípios, Ministério Público e outros atores, construíram um Plano de Contingência para o enfrentamento à Covid-19 em seu território, adotado o Sistema Estadual de Regulação Assistencial (SUSfácilMG). A ferramenta criada com a prerrogativa de regular, em cogestão com os municípios, o acesso de pacientes aos serviços hospitalares e ambulatoriais de média e alta complexidade, de urgência/emergência, credenciados ao SUS-MG.

O SUSfácilMG é um software de Regulação Assistencial cujo intuito é agilizar a troca de informações entre as unidades administrativas e executoras dos serviços de saúde de Minas Gerais garantindo, assim, melhorias constantes no acesso e atendimento prestado à população. “A Regulação Estadual atua na rede pública de saúde da urgência e emergência, e tem como objetivo primordial a busca da melhor resposta possível, em tempo oportuno, para um problema assistencial específico assegurando dessa forma, o acesso dos cidadãos aos serviços de saúde de que necessitam,” concluiu o comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *