Agronegócio aposta em energia solar

O agronegócio é um setor que necessita de eletricidade para realizar boa parte das suas atividades. E a energia solar é uma das alternativas energéticas mais promissoras para o futuro. Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a geração de energia nas propriedades rurais contribuirá fortemente para o desenvolvimento sustentável no campo e para a diversificação da matriz energética por meio das fontes renováveis vinculadas ao agronegócio.

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o segmento hoje é responsável por 8,7% da potência de geração distribuída da fonte no país. Os investimentos desse setor na tecnologia já passaram de R$ 1,2 bilhão desde 2012. O maior produtor é Minas Gerais com 20%. A instalação de painéis solares em uma propriedade em Oliveira (MG), tem gerando uma economia de R$ 26.500,00 mensais, com produção de 48.180 KWH/mês.

Ramiz Ribeiro

“A energia era um dos principais gastos da propriedade,” comentou o proprietário, Ramiz Ribeiro. Em breve, ele irá expandir o sistema instalado em função de um aumento da produção de leite no local. Outro grande benefício da geração de energia solar é que os sistemas demandam baixa manutenção e têm vida útil média de 25 anos. O produtor, na maioria dos casos, consegue carência para pagar o financiamento até que o projeto esteja gerando energia e o valor da parcela é menor do que ele paga atualmente na conta de energia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *