Itabira e Itajubá oficialmente declaradas cidades-irmãs

Após sanção em lei, Itabira e Itajubá, berço da Unifei foram declaradas dia 14 de dezembro, “cidades-irmãs” em evento virtual, com representantes dos dois Poderes Executivos. A Universidade Federal de Itajubá (Unifei), tem comum campi em ambos territórios. A declaração de irmandade, estabelece laços de cooperação estratégica, incluindo acordos de intercâmbio para o mútuo desenvolvimento sustentável. O principal objetivo do pacto está em direcionar esforços conjuntos à Unifei, tida como principal eixo de crescimento tecnológico nas duas cidades.

Ronaldo Magalhães, prefeito de Itabira, abriu os discursos citando os investimentos na expansão do campus itabirano, onde são erguidos três novos prédios por iniciativa do poder público municipal – 30 mil m², ao todo, que dobrará a capacidade da instituição para receber alunos. Ao lado do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo, Don Carlos, Ronaldo Magalhães destacou o privilégio de Itabira e Itajubá abrigarem uma das mais conceituadas escolas superiores do país.

Unifei campus Itabira

“É um dia histórico. Estreitamos uma relação que trará bons resultados às duas cidades e à nossa Unifei. Há quatro anos trabalhamos na construção desse projeto e sou feliz de estar prefeito de Itabira em um momento tão importante. Com certeza, a nova administração continuará o trabalho que realizamos para consolidar Itabira uma cidade universitária e tecnológica”, disse o prefeito de Itabira.

De Itajubá, o prefeito Rodrigo Imar Martinez Riera rendeu agradecimentos a Ronaldo Magalhães pelo trabalho direcionado à Unifei. “O senhor tem nosso reconhecimento e Itajubá sempre será, também, a sua terra. Demos um passo histórico para a educação de nosso país e tenho a certeza que, com o passar dos anos, com a musculatura das duas cidades, colheremos frutos em produção de conhecimento e tecnologia”, ressaltou.

Unifei campus Itajubá

Para Dagoberto Alves de Almeida, reitor da Unifei, a celebração das cidades-irmãs é exemplar para todo o país. “As duas lideranças municipais estão absolutamente cientes de que o verdadeiro conhecimento se obtém através da educação – uma riqueza muito maior, mais robusta e perene do que qualquer outro tipo de commodity,” destacou. Uma placa que menciona o acordo de cooperação entre as cidades-irmãs será enviada às prefeituras. O evento on-line ocorreu durante sessão extraordinária do Conselho Universitário (Consuni) da Unifei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *