Necessário em 2020, recrutamento online acelera contratações

A transformação digital em caráter de urgência também mexeu com o setor de recursos humanos. Processos seletivos precisaram ser readaptados para que pudessem ser feitos de forma completamente virtual, algo inédito para algumas corporações. O primeiro ponto a se considerar é que, ao longo de 2020, houve um considerável aumento no número de demissões.

Para se ter noção, o acumulado de desligamentos até agora é de aproximadamente 850 mil em todo o Brasil. Apesar de assustador, também há que se considerar que houve muitas contratações. Os profissionais de RH (Recursos Humanos) perceberam as mais significativas mudanças. O grande desafio foi encontrar uma maneira de realizar os processos seletivos de forma virtual, mas sem o risco de um clima de impessoalidade ou mesmo frieza com os candidatos, uma preocupação dos profissionais do setor.

O processo integralmente digital permite às empresas e aos entrevistados uma maior economia, além de facilidade, flexibilidade e agilidade no passo a passo da contratação. Segundo uma matéria que li na Forbes, muitas das organizações que fizeram a transição para o modelo de recrutamento digital perceberam que o processo é muito mais acessível do que as formas tradicionais de procura por novos “talentos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *