22ª morte por coronavírus em Itabira. Letalidade é de 0,68%

O 22º óbito de Itabira, relacionado ao coronavírus é um homem de 70 anos, portador de comorbidades e que estava internado em uma unidade hospitalar de Belo Horizonte, desde 16 de outubro. A data do falecimento foi sete de novembro. A taxa de letalidade com a doença em Itabira é de 0,68%, conforme levantamento do portal Cidades Saudáveis. No link https://bit.ly/3o5uQaX é possível verificar os dados.

De acordo com determinação jurídica, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não pode divulgar dados que possibilitem a identificação do paciente. Apesar da morte, Itabira continua na faixa verde de contágio, que considera outros indicadores. Entre o óbito e a publicação foram três dias. A SMS aguardava documentação comprobatória e declaração de óbito para confirmação a causa morte devido a covid-19. Apenas assim, o dado é considerado para a inclusão na estatística itabirana.

A cidade soma até dia 10 de outubro: 3235 confirmações da doença, e 3020 recuperados. São 180 pessoas em isolamento social, 13 internações nos hospitais: Municipal Carlos Chagas (HMCC), e Nossa Senhora das Dores (HNSD); três deles de Itabira. Entre casos suspeitos, seis estão sendo monitorados nessas unidades hospitalares. A ocupação está em 22% de leitos enfermaria, e 20% de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), no HMCC e HNSD. Segundo o site FarolCovid o isolamento na cidade se mantém em 33%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *